sábado, 22 de julho de 2017

O Nome de Jesus tem Poder

Religiosos mais fervorosos podem argumentar que escrevi errado, que o correto seria "Sangue de Jesus tem poder". Mas esse não é um post de um religioso fervoroso, esse é um post de alguém que estuda o impacto de interações sociais sobre o comportamento humano.

Ao contrário de muitos "nerds" sempre pratiquei esportes, gosto de correr e as vezes ainda me arrisco a jogar bola. Sabe o que notei em anos competindo? Que a esmagadora maioria dos atletas crê em Deus, pede a ajuda de Deus, e frequentemente cita o nome de Jesus. Já joguei inúmeros campeonatos de futebol, por vários times diferentes, sabe o que TODOS faziam antes de começar o jogo? Nós sempre rezávamos, tanto nosso time como o adversário. Quem já jogou sabe que falo a verdade.

O que vi nos esportes pode ser visto igualmente na literatura, nas artes, e no dia a dia. Tenho vários estudos, publicados em revistas científicas nacionais e internacionais, sobre o efeito da interação social sobre o comportamento violento. Todos os estudos que li comprovam que crer em Deus diminui a probabilidade do indivíduo ser violento, aumenta sua chance de recuperação frente tormentas da vida, e o estimula a ajudar desconhecidos.

Veja, não quero dizer que quem não crê em Deus seja má pessoa. Nada disso. Digo apenas que pessoas que creem em Deus costumam ter uma série de comportamentos tidos como benéficos a sociedade (cordialidade, menor violência, altruísmo, caridade, etc.). Talvez muitos não gostem dessa conclusão simples, porém embasada em observações e estudos, o nome de Jesus tem poder positivo sobre nossas escolhas, sobre nossa maneira de encarar a vida e seus desafios. Saber que existe algo além desse mundo, algo que transcende nossa existência, costuma nos fazer pessoas melhores.

Por algum motivo desconhecido muitos querem banir a religião da sociedade, esse é um grave equívoco. Faço minhas as palavras de Summerset Maugham (adaptação livre): Talvez a religião seja como a cápsula de um remédio, tal como a cápsula do remédio tem como função facilitar a absorção do medicamento por nosso corpo, a religião facilita com que assimilemos uma série de normas de bom comportamento.

O nome de Jesus tem o poder de unir pessoas, de difundir conceitos simples de bondade e caridade, e nos ensina que existem o certo e o errado, o bem e o mal, e que são nossas escolhas que nos definem como uma pessoa boa ou não. Exatamente por que deveríamos abrir mão de tão poderoso e positivo agente de coesão de nossa sociedade? Talvez sua resposta seja: porque as vezes a religião, e o nome de Jesus, são usados para praticar o mal. Sim, isso pode acontecer. Contudo, essa é uma regra para praticamente qualquer coisa de nossa vida. O uso que faremos de nosso conhecimento (ou de nossa tecnologia, ou de nossas amizades, etc.) pode ser para o bem e para o mal, e nem por isso vejo pessoas querendo banir a tecnologia ou a amizade de nossa sociedade.

Somos seres humanos imperfeitos, mas acreditar que Jesus veio ao mundo e passou por tantas tormentas e ainda assim venceu o mundo, nos dá esperança e força de que podemos ser seres humanos melhores.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Parabéns a equipe da SEAE! A Nota Técnica: Benefícios Financeiros e Creditícios da União é peça importante para entender a situação atual do Brasil


Quando discordo deixo isso claro, e quando concordo faço o mesmo. A Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda acaba de soltar um documento absolutamente essencial para entender a situação atual do Brasil. Trata-se da Nota Técnica: Benefícios Financeiros e Creditícios da União.

Em 2007 os benefícios financeiros e creditícios concedidos pelo governo federal foram, em termos reais, de R$ 31 bilhões, e chegaram a incríveis R$ 115 bilhões no ano passado (crescimento real de cerca de 16% ao ano). Somando-se esses subsídios chegamos a espantosos R$ 723 bilhões. Sim, você leu certo R$ 723 bilhões de reais foram transferidos do governo federal para setores escolhidos na forma de subsídios, verdadeira política de Robin Hood ao contrário: tirou-se do povão para se transferir aos amigos do rei. Agradeçam a Lula e Dilma por mais esse rombo fiscal e irresponsabilidade.

Recomendo fortemente a leitura do documento. Parabéns a equipe da SEAE!

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Por que a morte de policiais comove tão pouco os grupos de direitos humanos e a grande imprensa?

Existe uma verdadeira caça a policiais no Brasil. Quem conhece a realidade, sabe que a farda de um policial militar nunca é posta para secar num varal. Motivo: isso denunciaria a presença de um policial naquela residência, colocando sua vida e de sua família em risco. Também é de conhecimento geral que diversos policiais só vestem sua farda longe de suas casas pelo mesmo motivo. São vários os exemplos desse tipo de comportamento que denota o óbvio: o policial no Brasil está sendo caçado pelos bandidos.

Apenas nesse ano, no Rio de Janeiro, já foram 89 policiais militares ASSASSINADOS. Esse número impressiona a população, causa medo nas famílias de policiais, mas por incrível que pareça parece não despertar maiores simpatias nos grupos de direitos humanos e nem na grande imprensa. Por que isso ocorre?

A primeira explicação refere-se a política de segurança pública adotada pela esquerda. Para os esquerdistas, grande parte deles com postos altos na mídia e nas ONG's de direitos humanos, o crime dificilmente é culpa do bandido. Pelo contrário, o bandido seria ele mesmo vítima do sistema. E um dos principais sustentáculos do sistema é a polícia. Logo, numa brutal inversão de valores, a polícia é geralmente vista com viés negativo. Policiais são perseguidos por traficantes, por assassinos, por criminosos em geral, sob o silêncio covarde de vários "especialistas" em direitos humanos.

Outra explicação é que ao reconhecer que a polícia é perseguida por bandidos resta evidente também que parte da violência policial, que as ONG's adoram denunciar, é legítima forma de autodefesa da polícia contra bandidos desumanos.

O Brasil é um país violento. Em nenhum lugar do mundo se matam tantas pessoas quanto aqui. Apenas no ano passado foram mais de 60.000 pessoas assassinadas. Infelizmente, o establishment prefere criar espantalhos em vez de lidar com problemas reais. Nesse caso, adoram culpar a "cultura machista" do brasileiro para expressarem que isso mata muitas mulheres. Sim, sem dúvida isso é um problema. Contudo, num país onde a taxa de homicídios entre homens é 12 vezes superior a taxa de homicídios entre mulheres, essa dificilmente é a explicação correta. O mesmo vale para a homofobia, certamente alguns homossexuais são perseguidos e sofrem por causa da intolerância. Contudo, fingir que a violência no Brasil decorre da discriminação sofrida por homossexuais está longe de ser verdadeiro. O número de assassinatos decorrentes de homofobia no Brasil estão longe de mostrarem algum padrão distinto da violência enfrentada pelo resto da população.

Basta de criar espantalhos! A violência no Brasil se combate com policias nas ruas e bandidos na cadeia. Se puder liberar o porte de armas para a população melhor ainda. Mas é fundamental lembrar de uma lição básica: na hora do perigo é para a polícia que pedimos socorro. Desmerecer o policial, enfraquecer sua legitimidade, atacar a polícia como a culpada por ser a guardiã do "sistema", só fazem colocar a vida do policial em risco e, em última instância, colocar toda a sociedade sob riscos cada vez maiores associados ao crime e a violência.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Quais direitos do trabalhador foram extintos com a Reforma Trabalhista?


Nesse post faço a lista dos direitos trabalhistas que foram extintos com a reforma trabalhista. Segue a lista:

1) Nenhum
2) Zero
3) Nada
4) Atenção: nenhum direito trabalhista foi extinto

Se você ainda não entendeu, vou repetir: a reforma trabalhista NÃO ACABOU COM NENHUM DIREITO TRABALHISTA. Todos os direitos trabalhistas previstos na Constituição Federal foram mantidos. Exatamente por isso a reforma trabalhista só precisava de lei simples para sua aprovação (e não de uma PEC que é exclusiva para alterações na constituição).

O que a modernização da legislação trabalhista fez foi ampliar o rol de direitos do trabalhador. Abaixo seguem os novos direitos trabalhistas criados pela reforma trabalhista:

1) Agora o trabalhador tem o DIREITO de escolher se quer ou não pagar o imposto sindical. Isto é, agora você não é mais obrigado a pagar o imposto para os sindicatos (daí o verdadeiro motivo da revolta dos sindicatos); e

2) Agora o trabalhador tem o DIREITO de fazer acordos (individuais ou coletivos) diretamente com a empresa desde que tais acordos respeitem os direitos trabalhistas previstos na Constituição Federal

Uma legislação trabalhista mais ágil e moderna, que reconhece as novas realidades de trabalho no século XXI, tem o potencial de aumentar a segurança jurídica dos contratos trabalhistas. Além disso, a reforma possibilita mais flexibilidade no contrato de trabalho para ajustá-lo as novas realidades do mercado. Isso tem o potencial de aumentar tanto o salário como o nível de emprego da economia.

Tudo que você queria saber sobre a condenação de Lula, mas tinha vergonha de perguntar!


Nesse post explico algumas questões envolvendo a condenação de Lula. Você pode ler a decisão completa aqui.

1) Por que Lula foi condenado?
Resposta) Lula foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão, em regime fechado (isto é, cadeia mesmo), por dois crimes: Lavagem de dinheiro, e corrupção passiva. Esta condenação foi por conta do apartamento Triplex no Guarujá, ou seja, ainda falta julgar a questão do sítio em Atibaia. Em resumo, em breve, vem mais condenação de Lula.

2) Lula também foi multado?
Resposta) Sim, em decorrência de sua condenação por corrupção passiva Lula também foi condenado ao pagamento de 150 dias-multa (o juiz fixou cada dia-multa em cinco salários mínimos vigentes ao tempo do último ato criminoso que foi fixado em 06/2014), isto é, R$ 543.000,00. Já em relação ao crime de Lavagem de dinheiro, Lula foi também condenado a uma multa de 35 dias-multa (o juiz fixou cada dia-multa em cinco salários mínimos vigentes ao tempo do último ato criminoso que foi fixado em 12/2014), isto é, R$ 126.700,00. Dessa maneira, além de ter sido condenado a cumprir pena em regime fechado (cadeia), Lula deverá pagar R$ 669.700,00 de multa.

3) Lula ainda poderá ficar com o Triplex no Guarujá?
Resposta) Óbvio que não! Isso denotaria enriquecimento ilícito. Afinal, seria permitir a Lula manter a posse do produto de um crime. Em palavras simples, Lula perdeu também o Triplex avaliado em mais de R$ 2 milhões.

4) Tem mais multa para Lula?
Resposta) Sim, tem mais multa! Quando o juiz profere sentença condenatória (condena alguém), ele precisa também fixar valor mínimo para reparação dos danos causados pela infração (artigo 387, inciso IV, do Código de Processo Penal). Nesse quesito Lula deverá pagar R$ 16.000.000,00 (dezesseis milhões de reais), a ser corrigido monetariamente e agregado de 0,5% de juros simples ao mês a partir de 10/12/2009 (desse valor deve-se descontar os valores confiscados relativamente ao apartamento triplex). E, para fechar com chave de ouro, Lula também foi condenado a pagar parte das custas processuais.

5) Lula deveria ter tido sua prisão preventiva decretada?
Resposta) SIM! O juiz é claro ao afirmar que duas testemunhas teriam confirmado terem sido orientadas por Lula a destruírem provas. Não bastasse isso, o juiz ainda afirma que Lula tem adotado táticas bastante questionáveis, como de intimidação tanto do julgador como de de outros agentes da lei. Esses são motivos mais do que suficientes para decretar a prisão preventiva de Lula. Sejamos claros aqui, Lula se deu bem única e exclusivamente por ser Lula. Qualquer outra pessoa envolvida teria tido sua prisão preventiva decretada nesse caso específico.

6) Quanto tempo até Lula ser preso?
Resposta) Lula poderá recorrer da decisão em liberdade. O TRF 4 (que irá julgar o recurso de Lula) tem levado em média 4 meses para julgar processos que tem origem semelhante. Se Lula tiver sua condenação confirmada, então pode ser que o TRF 4 solicite o imediato cumprimento de sentença (isto é, que Lula vá preso). Contudo, pode ser também que isso não seja solicitado. Nesse caso, Lula recorrerá ao STJ (e, provavelmente, depois ao STF) em liberdade. Neste caso específico Lula não irá preso nunca (pois até seu processo ser julgado no STF ele já estará morto ou velho demais para cumprir pena de prisão). Assim, tudo depende da decisão do TRF 4 que deve ocorrer entre novembro desse ano até maio do ano que vem.

7) Lula ainda poderá concorrer nas eleições presidenciais de 2018?
Resposta) Aqui a questão vai certamente terminar no STF. Na decisão do juiz está escrito que Lula não poderá ocupar cargos públicos nos próximos 7 anos. Contudo, essa decisão só vale depois do trânsito em julgado da sentença (isto é, ainda vai levar muito tempo para essa decisão ter efeito). Essa decisão por si só não impedirá Lula de concorrer em 2018. Contudo, se Lula tiver sua condenação confirmada no TRF 4 não poderá concorrer em 2018 em decorrência da Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar nº. 135 de 2010). Mas e se o TRF 4 demorar demais para julgar? Dependendo da demora do TRF 4 Lula poderá sim se candidatar a presidência da república. Mas, nesse caso, a questão irá parar no STF. Isso ocorre pois um dispositivo legal (artigo 86 da Constituição) impede que o presidente da república seja réu. Como alguém que já é condenado (mesmo que em primeira instância, e aguardando a decisão final de um tribunal) poderia ser presidente? A Constituição impede que o Presidente seja réu, mas não é explicita sobre a possibilidade (ou não) de um réu tentar ser presidente. Dessa maneira, o STF deverá se pronunciar sobre o tema.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Reforma Trabalhista e Lula Condenado! Que Semana!

Nesse vídeo converso com a vereadora de Fortaleza-CE, Priscila Costa, sobre essa movimentada semana que teve a aprovação da reforma trabalhista e a condenação de Lula. Para assistir clique aqui.

Frases de Lula logo após saber de sua condenação por Corrupção Passiva e Lavagem de Dinheiro


Abaixo seguem as frases que Lula teria dito após tomar conhecimento de sua condenação por Corrupção Passiva e Lavagem de Dinheiro.

1) Lula acaba de confirmar que não conhece Sergio Moro, nunca esteve com ele, nunca foi processado, e que confia na justiça!!!!

2) Lula diz que a condenação, o triplex, e o sitio são todos de um amigo, e ele não tem nada com isso!

3) Lula diz que apartamento era obra de sua falecida esposa, repassada para seus filhos e ele nunca teve nada com isso.

4) Putz!!! Agora só o advogado do Fluminense pra me salvar!!!

5) Porra!!! Ser condenado por corrupção passiva é sacanagem!!!! Eu sou ativo ativo!!!!!

6) Eu avisei pra empregada tirar o dinheiro da calça antes de colocar na maquina de lavar!!! A culpa não é minha!!!

7) A culpa foi do FHC!!!!

8) E o Aécio???

9) Eu sou honesto e vou provar isso no STF...

Abaixo vai a frase que Lula pensou mas não disse:

10) Pqp tanto juiz ladrão e eu fui cair bem na mão de um honesto, roubei tanto e fui me ferrar justo por um triplex e um sítio!!! Que cagada!!! Agora é confiar no STF.

Google+ Followers

Ocorreu um erro neste gadget

Follow by Email